Prof. Carlos Augusto Soares – 5º Dan

Dir. Técnico do K.C.P

Dicionário do Karateca

Faixa Preta TRanparente fundo

DICIONÁRIO DO KARATECA

 

∗ BASES

 Dachi:   base

Heisoku Dachi:  base com os pés unidos e apontando para frente

Musubi Dachi: base com os pés unidos e apontando para fora

Heiko Dachi: base natural com os pés afastados e apontando para frente

Hachinoji Dachi:base natural com os pés afastados e apontando para fora

Uchi Hachinoji Dachi: base natural com os pés afastados e apontando para dentro

Teiji Dachi:  base em “T”

Renoji Dachi: base em “L”

Zenkutsu Dachi:  base com peso à frente

Kokutsu Dachi: base com peso atrás

Kiba Dachi: base do cavaleiro

Sanchin Dachi: base pequena meia-lua

Hangetsu Dachi: base meia-lua

Shiko Dachi: base de SUMO

Fudo Dachi: base imóvel (SOCHIN DACHI)

Neko Ashi Dachi: base do gato

Tsuru Ashi Dachi: base do grou

Kosa Dachi: base com as pernas cruzadas

 ∗DEFESAS

Uke Waza: técnica de defesa

Gedan Barai: defesa baixa (varrendo)

Age Uke: defesa alta (ascendente)

Soto Ude Uke: defesa com a parte externa do antebraço

Uchi Ude Uke: defesa com a parte interna do antebraço

Shuto Uke: defesa com a mão em espada

Kakuto Uke: defesa com o dorso do pulso dobrado

Keito Uke: defesa com a mão em crista de galo

Seiryto Uke: defesa com a base da mão em espada

Tate Shuto Uke: defesa vertical com a mão em espada

Teisho Uke: defesa com a base da palma da mão

Morote Uke: defesa com os dois braços, um apoiando o outro

Haishu Uke: defesa com o dorso da mão

Haito Uke: defesa com o dorso da mão em espada

Osae Uke: defesa pressionando

Sukui Uke: defesa em concha

Juji Uke: defesa em cruz

Kakiwake Uke: defesa abrindo caminho com as duas mãos

Nagashi Uke: defesa esquivando-se

∗TÉCNICAS DE BRAÇO

 Tsouki Waza: técnica de soco

Choku Zuki: soco direto

Gyaku Zumi: soco contrário

Kizami Zuki: soco curto

Oi Zuki: soco avançando

Age Zuki: soco ascendente

Kagi Zuki: soco gancho

Tate Zuki: soco vertical

Nukite: mão em ponta de lança

Uchi Waza: técnica de ataque

Uraken Uchi: golpe com o dorso do punho

Shuto Uchi: golpe com a mão em espada

Tettsui Uchi: golpe com punho martelo

Teisho Uchi: golpe com a base da palma da mão

Enpi Uchi: golpe com o cotovelo (HIJI ATE)

 ∗TÉCNICAS DE PERNA

Ashi Waza: técnica de perna

Ashi Barai: rasteira

Nami Gaeshi: “onda que retorna” – usado como defesa ou ataque

Suri Ashi: deslocamento curto; caminhando pouco a pouco

Yori ashi: deslocamento longo

Keri Waza: técnica de chute

Mae Geri: chute frontal

Mawashi Geri: chute circular

Yoko Geri Kekomi: chute lateral em penetração

Yoko Geri Kekoge: chute lateral ascendente

Ushiro Geri: chute para trás

Tobi Geri: chute saltando

Nidan Geri: chute duplo

Mikazuki Geri: chute crescente

Fumi Komi Geri: chute em estocada para baixo – pisão

Hiza Geri: joelhada

∗NÚMEROS

Ichi: um

Ni: dois

San: três

Shi (Yon): quatro

Go: cinco

Roku: seis

Shichi (Nana): sete

Hachi: oito

Kyu: nove

Ju: dez

Niju: vinte

Sanju: trinta

Yonju: quarenta

Goju: cinqüenta

Rokuju: sessenta

Nanaju: setenta

Hachiju : itenta

Kyuju: noventa

Hyaku: cem

Sem: mil

Man: dez mil

 

 OUTROS TERMOS

  1. Age: aça ode erguer, levantar
  2. Ai Hammi: posição relativa de dois praticantes, com a mesma perna á frente
  3. Aiki: “Reunião harmônica”.Quando combinar energia dos oponentes com sua própria, para o controle.
  4. Ai-uchi: golpe simultâneo
  5. Aka: competidor de vermelho
  6. Ao: competidor de azul
  7. Ashi: pé, pernas
  8. Ashi Barai: varredura com as pernas
  9. Ashi fumikae: mudança de pernas
  10. Ashiro: golpe giratório
  11. Atama: cabeça
  12. Atemi: batimento
  13. Awase: combinação, junção, harmonização
  14. Ayumi: andamento
  15. Barai: varrimento
  16. Bassai: romper fortaleza
  17. Bassai-Sho: romper fortaleza secreta
  18. Bo: pau longo
  19. Bojutsu: técnicas de bastão
  20. Bokken: sabre de madeira
  21. Bu, Bushi: guerreiro
  22. Budo: Maneira militar ou maneira da luta, um termo genérico que abrange todas as artes marciais japonesas, caminho do combate.Treino físico e espiritual oferecido através do estudo e pratica das artes marciais, “maneira militar”… ou “maneira da luta”.
  23. Bugei: Arte do combate real praticada pelo Samurai, principalmente relativo ao uso de armas.São as artes marciais japonesas mais antigas, abrangendo um termo genérico que se aplica e aos princípios usados pelo Samurai, ou pelo Bushi.
  24. Bujin: Traduzido como “a pessoa militar” ou “a pessoa guerreira”.
  25. Bujutsu: “Artes Militares”, termo coletivo para todas as artes japonesas praticadas pelo Samurai.    Técnicas decombate real.
  26. Buke: Samurai. Traduzido como a “pessoa ou a classe militar”.
  27. Bunkai : estudo das técnicas e aplicações de KATA
  28. Bushi: “Pessoa militar,”guerreiro,” ou “Samurai.” Um termo para o guerreiro japonês que foi atribuído ao Samurai. Tradição familiar de guerreiro.
  29. Bushido: Código estrito do comportamento ético seguido pelo Samurai, tendo sido formulado durante a era de Tokugawa (1603 – 1868) de Japão. A premissa do código devia recomendar um Samurai como se conduzir na batalha e como encontrar um lugar significativo em uma sociedade pacífica. Código do Samurai frente ao oponente, um código estrito do comportamento ético seguido pelo SamuraiBushido foi formulado durante a era de Tokugawa (1603 – 1868) de Japão. A premissa do Código devia recomendar um Samurai como se conduzir na batalha e como encontrar um lugar significativo em uma sociedade pacífica. Caminho do guerreiro, com coragem, polidez, sinceridade, autocontrole, senso de justiça, honestidade, lealdade aos superiores, honra, dever, resolução, generosidade, firmeza de espírito, magnanimidade, e humanidade, respeito a todos indistintamente, independente de serem fracos ou fortes, controle mental dos impulsos e paixões, civilidade, e cortesia, com o objetivo de atingir o espírito de harmonia com o universo.
  30. Chi: palavra chinesa para energia vital, o mesmo que “KI”
  31. Chinte: técnicas estranhas ou mãos estranhas
  32. Chou: intestino
  33. Choyaku hangeki: contra-atacar pulando
  34. Chudan: nível intermediário (alvo), do pescoço até a cintura
  35. Dachi: posição das pernas ou bases.(Exemplo: kiba-dachi, zenkutsu-dachi, etc)
  36. Daí: grande
  37. Dan: nível de faixas pretas
  38. Dangai: todas as faixas de cores, menos a preta
  39. Do: Caminho espiritual de disciplina. Este conceito está integrado ao budo, sem o qual estaria reduzida apenas a mera técnica de luta (jutsu). Têm o significado de do, o caminho supremo para se atingir a união perfeita (analogamente à Yôga) do ser material e espiritual com o Cosmos (Energia Superior).
  40. Dojo (Doujou): local onde se busca o caminho, local de treino, academia
  41. Do-Kyaki: movimento d perna sem ser a de eixo
  42. Doryoku: esforço, empenho
  43. Enbuzen: linha de atuação de um kata, diagrama de um kata
  44. Empi: cotovelo, golpe com o cotovelo / Kata: vôo da andorinha
  45. Fudoshin: estado inabalável (Vide Temas de Nível Mental)
  46. Fumi: esmagar
  47. Gankaku: Grou sobre a rocha
  48. Gasho: juntar as mão á frente da cara para fazer saudação (Zen, Mokuso
  49. Gedan: zona baixa, nível inferior (alvo), da cintura até o pé
  50. Geiko (ou Keiko): Na prática das artes marciais, deve-se distinguir treinamento e prática. No Japão a palavra renshu é usada para definir treinamento, que significa preparar ou treinar o corpo; e keiko é a palavra usada para definir a prática, que significa treinar ou preparar o espírito. É importante frisar que a palavra keiko não é importante apenas no Budo mais em muitas outras atividades culturais, por exemplo, a cerimônia do chá e o Kado, arranjo de flores. Keiko significa literalmente “refletir sobre, revisar o passado”, isto implica treinar em um aspecto religioso, consistindo de um profundo respeito e preservação das melhores e antigas tradições.O fato é que o keiko é fundamental para as manifestações culturais japonesas, reflete o respeito que os japoneses têm por suas tradições. O treinamento no período mais quente do verão (Shochu-Geiko) e o treinamento no período mais rigoroso de inverno (Kan-Geiko) são parte dessa grande herança.
    Há muitas razões para esses treinamentos sob condições extremas, assim como o treinamento na primeira hora da manhã e à meia-noite, mas uma razão muito presente, é que se dá às pessoas a oportunidade de estar em contato direto com elas mesmas e com a natureza. A prática do Budo, que contém o melhor da arte tradicional, implica num caminho no qual os seres humanos podem compreender melhor suas raízes e voltar à natureza.
  51. Geri: chute
  52. Gi: roupa para a prática composto de Uwagi (casaco), Zubon (calça) e Obi (faixa)
  53. Giaku: golpe com a mão aposta à perna que está à frente
  54. Go No Sen : tomar a iniciativa posteriormente, tática de deixar o opnente atacar primeiro para contra-atacar
  55. Godan: quinto (5º)
  56. Gohon Kumitê: trabalho com o adversário,em cinco passos
  57. Gohon: quinto / quíntuplo
  58. Gojushiho: cinqüenta e quatro passos
  59. Goshin: autodefesa
  60. Gyaku: contrário, inverso
  61. Ha: ruptura (Vide Temas de Nível Mental)
  62. Hajimê: iniciar, começar
  63. Hana: nariz
  64. Hangetsu: meia lua
  65. Hakama: calça larga usada sobre o Gi como Kyudo, Kendo, Aikido , Iaido, etc.
  66. Hanmi : posição semi voltada para frente
  67. Hantai: dar meia-volta
  68. Hantei: decisão por bandeirada (votação dos árbitros auxiliares) de uma luta empatada
  69. Happo: oito direções
  70. Hara: barriga, abdômen
  71. Heian (ou Pinan): significa mente calma, paz e tranquilidade. Heian refere-se a um período importante na história japonesa.
  72. Heijo-shin: naturalidade (Vide Temas de Nível Mental)
  73. Heiko: paralelo
  74. Henka: mudança (de posição)
  75. Henka-Waza : mudança de técnicas ou técnicas de mudança
  76. Hidari: esquerdo
  77. Hidari Waki-gamae: postura para o lado esquerdo
  78. Hiji: cotovelo
  79. Hikitê / Hikiashi: puxada de mão até o quadril/ puxada de pé
  80. Hiki-Waki: empate
  81. Hitosu: um, uma unidade
  82. Hiza: joelhos
  83. Ho: direção, sentido, método
  84. Horan-no-kamae: posição de início de alguns katas em que a mão cobre o punho fechado
  85. Ho-shin: liberdade mental (Vide Temas de Nível Mental)
  86. Hyoshi: ritmo
  87. I: estômago
  88. Ichibyoshi: de um só fôlego ou num só fôlego
  89. Ikken Hissatsu: matar com um golpe
  90. Imashimuru: repreender, proibir, reprimir, conter
  91. Ippon: um (ponto, passo, ataque)
  92. Ippon kumitê: trabalho com o adversário com um ataque e uma defesa
  93. Irimi: movimento de entrada (no círculo do adversário)
  94. Jiku Ashi : perna de eixo
  95. Jiin: amor e proteção
  96. Jinkaku: caráter, personalidade
  97. Jion: amor e gratidão
  98. Jissen : luta real
  99. Jitsu: técnica, oportunidade ou maturidade (Vide Temas de Nível Mental)
  100. Jitte: dez mãos ou dez técnicas
  101. Jiyu: livre
  102. Jiyu Ippon Kumite: combate livre (controlado) com só ataque
  103. Jiyu Kumite: luta livre, exercícios controlados de combate
  104. Jo: alto
  105. Jodan: nível superior (alvo), zona alta (pescoço para cima)
  106. Joseki:lado superior, lugar de honra (no dojo, a parede sul, á direita da parede principal)
  107. Jun Kaiten: giro regular
  108. Ju Kumite: combate em suavidade
  109. Kafa: ombro
  110. Kagi / Kake: gancho, enganchar
  111. Kaisho-Waza: técnicas de mão aberta
  112. Kakato: calcanhar
  113. Kekki: impetuosidade, arrebatamento, violência
  114. Kamae: posição de alerta ou defesa, guarda ,colocar-se em posição, postura, base (Vide Temas de Nível Mental)
  115. Kamaete: ordem para tomar a posição
  116. Kamiza: parede principal do Dojo, do lado leste, onde se encontra o Tokonoma
  117. Kan: olhar
  118. Kansei: formação, conclusão, término, acabamento
  119. Kanzou: fígado
  120. Kanku-Dai: contemplar o universo
  121. Kanku-Sho: Mirando o universo , observando o universo (Kan: olhar/ ku: nada,vazio, céu/ sho: interior, pequeno, particular)
  122. Kara: vazio
  123. Karada: corpo, o mesmo que “Tai”
  124. Karate-Do: A via das mãos vazias, ou o caminho que contém o universo
  125. Karikome: invadir, penetrar
  126. Kata: exercícios formais executados de maneira encadeada e pré determinada, representativos de um estilo
  127. Katana: espada
  128. Keage: movimento ascendente rápido
  129. Keiko: treino
  130. Kekomi: movimento penetrante
  131. Ken: sabre, espada / condição de atividade
  132. Ken No Sem: aproveitar a iniciativa anterior
  133. Ken-tai-ishi: conjunto de defesa e ataque (Vide Temas de Nível Mental)
  134. Keri ou Gueri: chute, pontapé
  135. Keri-nuke : livrar-se do inimigo com um chute
  136. Ki : energia intrínseca, energia vital. “Espírito”. Idealmente, o poder mental e espiritual, obtido através de concentração e respiração, que pode ser aplicado a realizações físicas. Esta energia centralizada, inerente a toda pessoa, pode ser amplificada e manifestada objetivamente, através da pratica de qualquer disciplina de arte marcial.
  137. Kiai: grito liberado com o propósito de focalizar toda energia em um único momento – manifestação de KI / exteriorização da energia através do grito
  138. Kihaki: espírito
  139. Kihon: fundamentos, técnicas básicas
  140. Kime: foco de potência; arremate; finalização; união de energia física e mental no momento do impacto, decisão
  141. Kime-Waza: técnica decisiva
  142. Kiritsu: levantar
  143. Ko: pequeno, posterior
  144. Kobu-Do (Kobu – Jutsu)Caminho, ou técnica das artes marciais antigas dos guerreiros de Okinawa.
  145. Kohai: praticante mais novo, o contrário de Sempai
  146. Kokoro: espírito, coração
  147. Kokyu: respiração (ritmo), força respiratória
  148. Koto: sufixo que transforma a expressão numa ordem; área de competição
  149. Koshi /Goshi: anca, bola do PE
  150. Kote: pulso
  151. Ku: nada,vazio, céu
  152. Kubi: pescoço
  153. Kuchi: boca
  154. Kumite: Luta, combate, treinamento onde se aplicam as técnicas de defesa e ataque
  155. Kun: mandamento, obrigação
  156. Kurai: grau de virtude (Vide Temas de Nível Mental)
  157. Kuzishi: desequilíbrio
  158. Kyo: falha (Vide Temas de Nível Mental)
  159. Kyodo: movimento
  160. Kyusho: pontos vitais
  161. Kyu: nível de faixas abaixo da preta
  162. Maai : distanciamento, distância correta
  163. Mae: frontal, frente
  164. Maki: enrrolar
  165. Makiwara: alvo tradicional de palha enrolada num madeira fixa ao chão para treinamento dos golpes com as mãos
  166. Makoto: verdade, sinceridade, honestidade
  167. Mamoru: obedecer, respeitar, guardar, cumprir, defender
  168. Mawarikomi: girar (como um pilão)
  169. Mawashi: movimento circular
  170. Me: olho
  171. Meikyo: espelho limpo, espelho da alma (Vide Temas de Nível Mental)
  172. Me No Tsukekata : fixação dos olhos
  173. Metsuke: como olhar e observar (Vide Temas de Nível Mental)
  174. Michi: caminho
  175. Midale: método de treino de Karate que consiste em atques
  176. Migi: direito
  177. Migi Waki-gamae: posição do lado direito
  178. Mimi: orelha
  179. Mitsu-no-koki: três chances (Vide Temas de Nível Mental)
  180. Mokuso:literalmente: não pensar; atitude de concentração executada durante o cerimonial do início e final da prática de Budo, meditação
  181. Momo: coxas
  182. Moroashi-gari: varredura de duas pernas
  183. Morote: ambas as mão
  184. Moto no ichi: posição inicial
  185. Mu: O conceito de total negação de tudo que parece existir (Maya), análogo ao de Shunya da filosofia budista. Preconiza que a unidade e totalidade de tudo na existência é unida em uma única entidade que não pode ser percebida pelos sentidos.”Nada”. O nada-vazio do Zen. Principio usado nas artes marciais japonesas, para clarear a mente, de todos os pensamentos, de maneira que o corpo responda instantaneamente a qualquer situação.
  186. Munem: extremo vazio na intenção (Vide Temas de Nível Mental)
  187. Munen Muso: livre de todas as idéias e pensamentos
  188. Mushin: estado de integração entre a mente e o corpo no qual a mente acha-se livre de ilusões (pensamentos desnecessários)
  189. Mussô: extremo vazio no pensamento (Vide Temas de Nível Mental)
  190. Nanandan: sétimo (7º)
  191. Nidan: segundo (2º)
  192. Nage Waza: técnicas de projeção
  193. Neko: gato
  194. Nihon: segundo / duplo
  195. Nijushiho: 24 passos
  196. Nobashi: extensão, ação de esticar
  197. Nodo: garganta
  198. Nokachi: vitória
  199. Nukite: ataque com as pontas dos dedos
  200. O: grande
  201. Oi: golpe com a mesma mão que a perna que está à frente
  202. Omonzuru: respeitar, ter muita consideração em, apreciar, estimar, venerar. honrar
  203. Orei:Respeito, ou etiqueta.
  204. Oshiri: nádegas
  205. Okuri: deslizar
  206. Osae: imobilização
  207. Otagai-ni-rei: saudação mútua
  208. Otoshi: movimento de cima para baixo
  209. Pinan: Vide Heian
  210. Randori: combate livre
  211. Rei : cumprimentar, saudação
  212. Reigi: etiqueta, cortesia, civismo, boa educação, respeito
  213. Renzoku Waza: técnicas contínuas
  214. Ri: espansão (Vide Temas de Nível Mental)
  215. Ritsu-rei: saudação em pé
  216. Ryo: ambos
  217. Ryu: estilo, escola
  218. Sabaki: esquiva
  219. Sai: arma em forma de tridente originária de Okinawa
  220. Samurai: guerreiro japonês fiéis á códigos de honras e condutas
  221. Sambon-kumite: combate em três ataques
  222. San-satsuho: estratégia (Vide Temas de Nível Mental)
  223. Sanbon: terceiro / triplo
  224. Sandan: terceiro (3º)
  225. Sasae: sustentar, suportar
  226. Satori: perfeição. Abertura da mente e do espírito, resultando da acumulação de conhecimento, compreensão intuitiva, ou experiência repentina que revela a última realidade dos seres e coisas, bem como total identidade com si próprio e o universo.Não é um estado definitivo, mas valido para um dado tempo e circunstancia. Não é uma experiência de êxtase, mas a transformação da essência do pensamento.A prática de budo pode trazer esta transformação a quem seguir sinceramente.É a realização da união, o aspecto da consciência a respeito dos processos de pensamento.
  227. Sei : tranqüilidade, inatividade
  228. Seishin: espírito, alma, vontade, intenção, mentalidade
  229. Seiza: maneira correta de sentar , sentar na posição de joelhos
  230. Sem No Sem: tomar a iniciativa antes
  231. Sempai: aluno mais graduado, mais antigo
  232. Senaka: costas
  233. Sen-no-sen: antecipação
  234. Sensei: professor; mestre
  235. Sensei-ni-rei: saudação ao professor
  236. Sensei-ni-tashi-rei: saudação em direção ao professor
  237. Shihan: professor de grau elevado
  238. Shiho: quatro direções
  239. Shikko: andar na posição de joelhos
  240. Shim: espírito
  241. Shimoza: parede oeste do dojo, oposta ao kamiza, onde se sentam os alunos
  242. Shimozeki: parede norte do Dojo, onde podem ficar os assistentes não praticantes
  243. Shiro: competidor de branco, ainda usado em competições da FPKI e da CBKI
  244. Shi-shin: aprisionamento (Vide Temas de Nível Mental)
  245. Shissui: água limpa (Vide Temas de Nível Mental)
  246. Shizen Kumite: kumite natura
  247. Shizentai: posição natural – corpo permanece relaxado mais alerta, em pé
  248. Shinzou: coração
  249. Sho: interior, pequeno, particular
  250. Shobu-Zuyosa: arrebatar a vitória das garras da derrota
  251. Shodan: primeiro (1º)
  252. Shomen: de frente
  253. Shomen-ni-rei: saudação para a parede principal do Dojo
  254. Shotei: golpe com a palma da mão
  255. Shu: defesa (Vide Temas de Nível Mental)
  256. Shuto: golpe com a mão aberta usando a lateral da mão do dedo mínimo
  257. Sochin: espírito inabalável
  258. Sokuto: sabre do pé, lado do dedo mínimo
  259. Sonoba: parado
  260. Soto: exterior
  261. Sun-Dome: interrupção de uma técnica, deter uma técnica
  262. Sutemi: abandono do corpo, técnicas em que o executante se deixa cair para projetar o adversáriodesprendimento (Vide Temas de Nível Mental)
  263. Tai: , corpo, o mesmo , o mesmo que “karada”, estado de alerta
  264. Tai-No Sen: avaliação da iniciativa posterior
  265. Tai Sabaki: esquiva
  266. Tachikata: posição, postura
  267. Tate: vertical
  268. Te: mão
  269. Tekki: Cavaleiro de ferro. Lutando de lado. Montar a cavalo
  270. Tekubi: pulso
  271. Tchudan: zona média
  272. To:: distante, longe
  273. Tobi: saltar, golpe pulando
  274. Tokui: mais forte
  275. Tokui-Waza: técnica mais forte
  276. Tomari-Te: técnicas de combate originárias da ilha deTomari (Okinawa)
  277. Tomae: circular
  278. Tori: o que ataca, o que executa
  279. Tsuki: golpe direto, soco
  280. Tsukkomi: investida
  281. Tsutomuru: esforçar-se, empenhar-se, tentar arduamente
  282. Uchi: golpe indireto, dentro, interior
  283. Ude: braço, antebraço
  284. Uke: defesa, bloqueio
  285. Ukemi: queda, enrolamento
  286. Unso: separando as nuvens
  287. Ura: movimento realizado rodando; as costas do adversário
  288. Ushiro: parte de atrás, atrás, para trás
  289. Wa: Paz, harmonia. Unidade com serenidade, entre a mente e a energia cósmica, criando harmonia, união, e coordenação entre o homem e o resto do universo.As artes marciais denominam a harmonia como wa que também têm o significado de paz e acordo.Wa é o símbolo da unidade entre as forças cósmicas e humanas, mente e corpo, e o inter-relacionamento entre os seres.Wa condiciona todas as artes e as ciências, reconciliando os aspectos positivos materiais, com os estados ativos ou energias.Wa é considerado o principio essencial do universo, criador e destruidor, positivo e negativo, ativo e passivo.Têm a equivalência ao tao, e ao do, como ao om (do Bramanismo), que reúne no mesmo principio eterno, as forças complementares universais..Wa tem a mesma essência do principio divino, ser ou inteligência suprema, ki, ou energia cósmica.
  290. Wankan: coroa do rei
  291. Waza: técnica
  292. Waza O Hodokosu Koki: momento psicológico para executar uma técnica
  293. Wakibara: lado do tórax
  294. Yakosoku: combinado, sem resistência
  295. Yame: parar
  296. Yashinau: alimentar, sustentar, manter, criar
  297. Yasume: ordem de descontrair
  298. Yoi: preparar, posição de espera , pronto para trabalhar, ordem de atenção
  299. Yori-ashi: deslizamentos dos pés (como exemplo o avanço de um kizame-zuki)
  300. Yoko: lateral, de lado
  301. Yonbon: quarto / quádruplo
  302. Yondan: quarto (4º)
  303. Yu: vigor, coragem
  304. Yubi: dedos
  305. Yudansha: praticante graduado; faixa preta (qualquer grau)
  306. Zanshin: estado de reserva mental/espiritual , espírito de guerreiro, concentrado
  307. Za-rei: cumprimento sentado, saudação em seiza
  308. Zempo: em direção frontal
  309. Zen: frente, disciplina japonesa, uma corrente do Budismo
  310. Zuki: soco

ESPERO QUE TENHA SIDO ÚTIL

oss

Logo Carlão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *